População de tigres na Índia cresce mais de 30% em quatro anos

Tigre
Acredita-se que 40 mil tigres viviam na Índia em 1947

A população de tigres na Índia cresceu em mais de 30% nos últimos quatro anos, revelaram dados divulgados nesta segunda-feira (29/07) pelo governo indiano. O número de tigres passou de 2.226, em 2014, para 2.967 em 2018.

Com uma população de “quase 3 mil tigres”, a Índia se transformou em um “dos hábitats mais seguros do mundo” para os felinos, anunciou o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, em um ato em Nova Délhi ao apresentar, pela ocasião do Dia Internacional do Tigre, o último censo sobre a população estimada deste animal no país.

De acordo com o relatório do governo, a população de felinos na Índia aumentou 33% desde 2014. O número de tigres no país mais do que dobrou desde 2006, ano da realização do primeiro censo da espécie.

A contagem usa novas tecnologias e não só na localização de pegadas, como era feito anteriormente. O último censo foi realizado em 15 meses e contou com 26 mil armadilhas fotográficas que registram quase 350 mil imagens dos animais em seus habitats. Funcionários do governo também participaram da pesquisa que se estendeu por uma área de 380 mil quilômetros quadrados.

Entre as medidas adotadas pela Índia para proteger a espécie ameaçada de extinção está a proteção ambiental por meio da demarcação de reservas. O conflito com humanos, porém, cresceu desde que o país iniciou programas de conservação na década de 1970.

Especialistas afirmam que o governo indiano precisa ainda fazer mais para educar a população sobre a importância do animal e da preservação de seu habitat. Somente neste ano, mais de 60 tigres foram mortos no país. Por outro lado, 30 pessoas foram mortas por tigres neste mesmo período.

Estima-se que em 1900 havia mais de 100 mil tigres no planeta. Devido à caça e a degradação de seu habitat, a população da espécie, no entanto, foi reduzida a menos de 3.200 exemplares em 2010. Nesse ano, a Índia e outros 12 países asiáticos, incluindo Rússia e China, assinaram um acordo, no qual se comprometeram a duplicar a população mundial de tigres até 2022.

Atualmente, a Índia acolhe 70% da população mundial de tigres, uma espécie que também subsiste em outros países asiáticos como Bangladesh, Vietnã, Tailândia, Nepal e Camboja. Acredita-se que 40 mil exemplares viviam no país na época de sua independência do Reino Unidos, em 1947.

O tigre é muito apreciado em países como a China para elaborar remédios tradicionais e o tráfico na Ásia é uma das maiores ameaças para a preservação da espécie.

Fonte: Deutsche Welle


Créditos: Ambiente Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *