Pesquisa mostra a expansão urbana e seus impactos na segurança na água

O aumento da demanda por água é um dos problemas mais desafiadores que as sociedades humanas enfrentam atualmente e incentivou novos estudos para examinar a segurança e o gerenciamento da água. Buscando discutir essa importante questão no contexto brasileiro, analisamos os impactos da expansão urbana na segurança da água em uma bacia localizada na região mais populosa do Brasil.

Para quantificar o aumento da demanda de água, combinamos a expansão urbana e as projeções de aumento da população regional. Nesse contexto, nosso estudo contribui para discussões sobre segurança hídrica, abordando a importância da integração entre a água e o planejamento urbano. As simulações indicam um bom desempenho na reprodução das condições reais do sistema de água.

A descoberta demonstra que a expansão urbana na região é impulsionada principalmente pela proximidade das estradas. Prevê-se que a ocupação urbana aumente em 170% até 2050, aumentando a demanda de água para uso doméstico em 38%. Os resultados indicam a viabilidade de incluir a paisagem e as restrições socioeconômicas, a fim de obter possíveis cenários de demanda doméstica de água, usando modelos de uso e mudança da cobertura do solo para avaliar a expansão urbana e o crescimento da população.

Para a região do estudo, nossos resultados sugerem que, embora a expansão urbana aumente a demanda de água, o suprimento urbano não será comprometido, devido ao grande volume de água disponível na bacia. No entanto, as conseqüências indiretas da expansão urbana, como industrialização e intensificação agrícola, podem comprometer a qualidade desse recurso e exigir melhor gerenciamento do uso da água na região.

Fonte: CCST


Créditos: Ambiente Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *