O concurso que reúne as fotos mais cômicas de animais selvagens

"Oh My", de Harry M. Walker
A competição de fotografias Comedy Wildlife Photography Awards acaba de anunciar seus 40 finalistas da edição de 2019, e uma delas é esta imagem, ‘Oh My’ (algo como ‘Meu Deus’), de Harry Walker
"Guerra de cócegas de lontras marinhas", de Andy Harris
Criado por dois fotógrafos e conservacionistas, o concurso almeja, “além de oferecer um pouco de irreverência, destacar a importante mensagem de conservação da vida selvagem”; aqui, a foto “Guerra de cócegas de lontras marinhas”, de Andy Harris
"Melancolia da segunda-feira", Eric Fisher
“A cada ano em que realizamos a competição, torna-se mais e mais empolgante ver como as pessoas visualizam o lado engraçado da vida selvagem”, afirma Paul Joynson-Hicks, um dos criadores da premiação. Esta foto, de Eric Fisher, foi batizada de “Melancolia da segunda-feira”
"Olá", de Kevin Sawford
Os vencedores serão escolhidos por um júri, mas o público pode votar online em suas favoritas, na categoria popular, pelo site www.comedywildlifephoto.com. Aqui, “Olá”, de Kevin Sawford
"Esconda-se", de Marion Vollborn
Os vencedores da premiação serão anunciados em 13 de novembro. Aqui, “Esconda-se”, de Marion Vollborn
"Veado? Que veado?", de Mike Rowe
As fotos finalistas também serão reunidas em um livro. Entre elas, a foto “Veado? Que veado?”, de Mike Rowe
"Marcando território - prossiga sob seu próprio risco", de TilakRaJ'NagaRaJ
Aqui, a foto “Marcando território – prossiga sob seu próprio risco”, de TilakRaJ’NagaRaJ
"Batida de peito", de Thomas D. Mangelsen
A organização da competição, que está em sua quarta edição, reúne fotos “irreverentes, alegres e possivelmente despretenciosas de animais selvagens fazendo coisas engraçadas”. Aqui, “Batida de peito”, de Thomas D. Mangelsen
"Reclinado", Thomas D. Mangelsen
O mesmo fotógrafo conseguiu emplacar entre as finalistas esta foto, “Reclinado”
"Holly Jolly Snowy", de Vicky Jauron
O Comedy Wildlife Photography Awards tenta, também, incentivar o público a aderir a um estilo de vida mais sustentável, com menos consumo de plástico.
"Discordância", de Vlado Pirsa
“O mais importante é que todas as coisas que fazemos, como indivíduos, família, clube e ambiente de trabalho, tem impacto” no meio ambiente, dizem os organizadores. Aqui, a foto “Discordância”, de Vlado Pirsa

Fonte: BBC


Créditos: Ambiente Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *