Mergulhadores nadam com tubarão-branco gigante no Havaí

Mergulhadora nadando com um tubarão-branco no Havaí
A mergulhadora Ocean Ramsey passou horas na água na companhia do tubarão-branco e chegou a tocá-lo

Uma equipe de mergulhadores teve um encontro muito próximo com um dos maiores tubarões-brancos já vistos. O animal foi avistado na costa sul de Oahu, no Havaí, por mergulhadores que nadaram – e tiraram fotos – com o notório predador.

A fêmea estimada em quase seis metros de comprimento e pesando cerca de 2,5 toneladas – com marcas semelhantes a Deep Blue, o maior tubarão-branco registrado e identificado por pesquisadores há cerca de 20 anos – fez uma aparição surpresa nesta terça-feira (15/01) e se uniu a outros tubarões que se alimentavam da carcaça de um cachalote.

Mergulhadora nadando com um tubarão-branco no Havaí
O tubarão-branco passou o dia inteiro com a equipe

A mergulhadora Ocean Ramsey disse ao diário local Honolulu Star Advertiser que a equipe estava filmando tubarões-tigre que se alimentavam do cachalote morto quando o tubarão-branco chegou.

“Vimos alguns [tubarões-tigre] e, em seguida, ela surgiu, e todos os outros tubarões se separaram. Ela então começou a se roçar no barco”, disse. “Era apenas um gigante gentil querendo usar o nosso barco como uma grande escova.”

Ramsey nadou durante todo o dia com o tubarão-branco e capturou imagens impressionantes. “Saímos ao nascer do sol e ela ficou conosco praticamente ao longo do dia.” A mergulhadora afirmou que o animal era “chocantemente largo” e que ela poderia estar grávida.

Mergulhadora nadando com um tubarão-branco no Havaí
Tubarão-branco tinha quase 6 metros de comprimento

A mergulhadora afirmou que tubarões-brancos grávidos são os mais seguros para nadar perto, mas alertou contra mergulhos em áreas onde esses predadores estejam se alimentando.

Grandes tubarões-brancos são raros de serem vistos na região do Havaí, pois eles preferem águas mais frias.

Caso este tubarão-branco seja de fato Deep Blue, então a equipe de mergulhadores nadou com uma estrela dos mares. Deep Blue tem sua própria conta no Twitter e foi tema de um documentário há alguns anos. Estima-se que essa gigante predadora tenha 50 anos – e foi vista anteriormente próximo da ilha de Guadalupe, perto do México.

Fonte: Deutsche Welle


Créditos: Ambiente Brasil