Imagens mostram baleia jubarte “enganando” peixes para capturá-los

Baleia jubarte possui técnicas diferentes para capturar sua refeição (Foto: Pxhere)
BALEIA JUBARTE POSSUI TÉCNICAS DIFERENTES PARA CAPTURAR SUA REFEIÇÃO (FOTO: PXHERE)

Um vídeo publicado pela revista Science mostra que, para as baleias jubartes, vale de tudo para conseguir um bom jantar. O mamífero, que é capaz de comer até 2,5 mil quilos de peixe por dia, aparece “enganando” suas presas para conseguir capturar o maior número possível delas.

O vídeo foi registrado na costa nordeste de Vancouver, no Canadá, e faz parte de um estudo que tenta entender como as baleias se comportam na hora da caça. Segundo o que foi registrado, o primeiro passo é soprar bolhas em forma de círculos gigantescos em volta do cardume de arenques para agrupá-lo mais facilmente.

Depois é a hora de agir discretamente (o que deve ser bem difícil para um animal de quase 16 metros). Enquanto as aves que estão sobrevoando o mar tentar agarrar alguns peixes, as jubartes permanecem imóveis e com suas bocas abertas para cima, formando, assim, enormes lagos.

De acordo com a publicação da Marine Mammal Science, muitos dos peixes confundem as piscinas artificiais como refúgios e, uma vez reunidos na boca das baleias, elas fecham as mandíbulas e conseguem, assim, o seu lanchinho fácil.

Os cientistas observaram esse comportamento pela primeira vez em uma jubarte em 2011. Desde então, eles registraram mais de 20 indivíduos fazendo isso. A rápida disseminação da técnica, muitas vezes entre baleias que passam muito tempo juntas, pode indicar que os mamíferos gigantes estão aprendendo uns com os outros. Isso pode ajudar as baleias a aprender novas estratégias de alimentação para se adaptarem às mudanças futuras no clima ou da disponibilidade de alimento.

Fonte: Revista Galileu


Créditos: Ambiente Brasil