Eventos em 29 cidades brasileiras discutem desenvolvimento urbano sustentável

O Circuito Urbano 2018 tem como objetivo promover debate sobre temas de gestão de resíduos sólidos, resiliência e sustentabilidade nas cidades. Foto: Flickr/ Mariana Gil/EMBARQ Brasil
O Circuito Urbano 2018 tem como objetivo promover debate sobre temas de gestão de resíduos sólidos, resiliência e sustentabilidade nas cidades. Foto: Flickr/ Mariana Gil/EMBARQ Brasil

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) promove ou apoia até o fim de novembro o Circuito Urbano 2018, uma série de 63 eventos em 29 cidades brasileiras com o objetivo de comemorar o “Outubro Urbano”, mês em que a organização lembra o Dia Mundial do Habitat e o Dia Mundial das Cidades.

Os eventos promovem reflexões sobre questões urbanas, compartilhando conhecimentos e experiências. O Outubro Urbano é uma plataforma para debate entre atores sobre como implementar os compromissos da Nova Agenda Urbana, adotada em Quito na Conferência Habitat III em 2016, que representou a renovação do compromisso global para tornar as cidades e os assentamentos humanos mais inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

O ONU-HABITAT é a agência da ONU responsável por promover o desenvolvimento urbano sustentável e a moradia adequada para todos e todas. A agência também busca dar visibilidade e estimular o debate acerca da implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial o ODS 11, que prevê tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

A cada ano, o ONU-HABITAT seleciona um tema diferente para promover os resultados positivos da urbanização ou para enfrentar desafios específicos que dela resultam.

O “Outubro Urbano 2018” iniciou-se com o Dia Mundial do Habitat na primeira segunda-feira do mês (este ano, dia 1º de outubro), com o tema “Gestão Municipal de Resíduos Sólidos”, e termina com a celebração do Dia Mundial das Cidades, celebrado no dia 31 de outubro, que este ano tem o tema “Construindo cidades sustentáveis e resilientes”.

O circuito tem como objetivo promover o debate em todo o Brasil sobre os temas de gestão de resíduos sólidos, resiliência e sustentabilidade nas cidades, e conscientizar sobre a importância local das agendas globais de desenvolvimento sustentável.

Segundo Rayne Ferretti, oficial nacional para o Brasil do ONU-HABITAT, as iniciativas têm permitido a formação de uma rede de atores-chave e a identificação das principais perspectivas, estado da arte e prioridades de cada tema relacionado às cidades no Brasil.

Os eventos selecionados contaram com o apoio institucional do ONU-HABITAT, acesso a documentos e mídias importantes sobre o desenvolvimento urbano sustentável, além da divulgação do evento nas redes sociais da agência das Nações Unidas e a possibilidade de participação de um representante da organização no evento.

Esta foi a primeira edição do circuito e, considerando a adesão e resultados, o ONU-HABITAT já anunciou que realizará o Circuito Urbano 2019, que terá novos temas selecionados.

A programação e os locais dos eventos podem ser acessados na página do ONU-HABITAT no Facebook e no Instagram.

Fonte: ONU


Créditos: Ambiente Brasil