Espécie da Era do Gelo é descoberta em caverna no Canadá

Espécie foi encontrada na ilha de Vancouver, no Canadá (Foto: Reprodução/ Youtube)
ESPÉCIE FOI ENCONTRADA NA ILHA DE VANCOUVER, NO CANADÁ (FOTO: REPRODUÇÃO/ YOUTUBE)

Uma nova espécie primitiva que vive em cavernas do Canadá foi descoberta por cientistas e exploradores locais. A revelação foi publicada no periódico Subterranean Biology.

O local onde a nova espécie vive é um dos aspectos mais chocantes da história: segundo o estudo, a caverna na Ilha Vancouver, onde a espécie foi encontrada, teria sido selada há cerca de 26 mil anos, durante a última Era Glacial.

A espécie descoberta tem uma aparência peculiar: parecida com um inseto, a criatura tem de três a seis milímetros de comprimento e quase nenhuma coloração — o que pode ser explicado pela falta de luz encontrada em uma caverna escura.

A nova espécie ganhou o nome de Haplocampa wagnelli em homenagem a um dos coautores do estudo, Craig Wagner, conhecido ao longo dos anos por ter explorado e documentado cavernas da Ilha Vancouver.

Há duas hipóteses de migração desse pequeno animal: a primeira e mais bem aceita é de que essa espécie, diferente do que aconteceu com outras, fugiu para a Ilha Vancouver depois que a Era Glacial se aqueceu, levando ao derretimento da caverna. A segunda teoria acredita que essa espécie foi selada na caverna durante a Idade do Gelo.

Fonte: Revista Galileu


Créditos: Ambiente Brasil