Deslizamento de terra mata ao menos dez em Niterói

default
Prefeitura afirmou que “houve a ruptura de um maciço em uma área de preservação ambiental acima da localidade Boa Esperança”

Ao menos dez pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas neste sábado (10/11) depois de um deslizamento de terra em Niterói, no Rio de Janeiro, afirmaram autoridades locais.

O deslizamento de terra destruiu ao menos seis habitações no Morro da Boa Esperança. Segundo os bombeiros, além das nove mortes confirmadas, 11 pessoas foram retiradas dos escombros e ainda há desaparecidos.

As vítimas resgatadas, entre elas um bebê e duas crianças, foram levadas a hospitais da região, disse o comandante dos bombeiros do Rio de Janeiro, Roberto Robadey.

Entre os mortos estão uma criança de 3 anos, duas idosas, um homem de 37 anos e uma mulher.

Brasilien Niteroi Erdrutsch bei Rio de Janeiro
Profissionais da defesa civil, bombeiros e moradores no local do deslizamento

Cerca de 200 profissionais da defesa civil e dos bombeiros e também assistentes sociais estão no local. Os trabalhos de resgate deverão continuar por pelo menos mais 48 horas.

O Estado do Rio de Janeiro, em especial a cidade de Niterói, foi atingido por fortes chuvas nos últimos dias e estava em estado de alerta, salientou Robadey.

“Algumas pessoas estão desaparecidas e estamos tentando verificar se estavam em casa [na hora do deslizamento de terra] para orientar o trabalho nas próximas horas”, acrescentou. Ele não descartou a possibilidade de haver mais pessoas debaixo dos escombros.

A Defesa Civil municipal afirmou que “houve a ruptura de um maciço em uma área de preservação ambiental acima da localidade Boa Esperança. A região não era diagnosticada como de alto risco geológico dentro do mapeamento de risco do Departamento de Recursos Minerais do Governo do Estado (DRM), que norteia a atuação da Defesa Civil”.

Fonte: Deutsche Welle


Créditos: Ambiente Brasil