Como idoso e cão sobreviveram a 3 semanas perdidos em floresta da Sibéria

Imagem mostra Viktor Vinogradov sorrindo. Russo de 65 anos ficou três semanas perdido em floresta com o cachorro de estimação
Viktor Vinogradov se recupera bem, após sofrer desidratação grave

Um aposentado russo de 65 anos sobreviveu três semanas em uma floresta na Sibéria, onde as temperaturas nessa época do ano ficam abaixo de zero, há escassez de alimentos nas árvores e sua única companhia era o bull terrier Thor, seu cachorro de estimação.

Os dois se perderam no dia 3 de outubro quando saíram para colher cogumelos perto de casa, na cidade de Krasnoyarsk, no oeste siberiano. A família diz que já estava “se preparando para o pior”.

Segundo a imprensa local, o temor era de que eles tivessem sido atacados por animais selvagens, como ursos e lobos, comuns na área. E foi justamente ao fugir de um urso que o idoso acabou se perdendo com o cachorro.

Autoridades locais e mais de 200 voluntários vasculharam quilômetros na região, mas não encontraram vestígios deles.

Na semana passada, já desolada, sua filha Tatiana disse que a busca havia terminado.

Quatro dias depois, no entanto, Vinogradov ligou para casa.

Ele estava vivo e na companhia de Thor, perto da aldeia de Kuskun – a mais de 20 km de distância de onde haviam partido.

Groselhas e ratos

“Eles sobreviveram comendo frutos como groselhas vermelhas e alcatrão retirado de árvores”, disse Tatiana à agência de notícias Interfax, acrescentando que a dupla “buscava água potável nos riachos da floresta”.

“Papai também caçou ratos e os cozinhou em uma fogueira para o cachorro. Posteriormente, eles encontraram uma cabana de caçador e meia garrafa de óleo de cozinha, que racionaram entre eles. Foi o suficiente para se manterem vivos.”

Semanas depois de ter se perdido, o idoso ouviu ruídos de homens que trabalhavam em uma região próxima de onde estava e correu para pedir um celular emprestado e poder contatar a família. Não demorou para que houvesse o reencontro.

De acordo com informações publicadas no jornal local The Siberian Times, Vinogradov sofreu “desidratação grave” e “perdeu uma enorme quantidade de peso”. Ele e o companheiro de aventuras, no entanto, se recuperam bem.

Thor está se alimentando com comida para filhotes para recuperar as forças, informou a TV Rossiya.

Thor, cachorro da raça Bull terrier que sobreviveu três semanas perdido em floresta com o dono, na Sibéria
Thor enfrentou temperaturas abaixo de zero, escassez de água e alimentos com o dono

Fonte: BBC


Créditos: Ambiente Brasil