Bangladesh proíbe pesca temporariamente para aumentar estoque de peixes

pesca (Foto: Pexels)
PESCA FOI PROIBIDA TEMPORARIAMENTE EM BANGLADESH (FOTO: PEXELS)

Bangladesh está tomando medidas para aumentar o estoque de peixes. Localizado na Ásia, o país proibiu a pesca em sua costa por 65 dias, medida que vale para todos os tipos de navios de pesca. A proibição durará de 20 de maio a 23 de julho e é programada para ocorrer com a época de reprodução das espécies.

“Esses recursos se esgotarão um dia se não os usarmos de forma sustentável”, afirma o ministro de Pesca e Pecuária, Ashraf Ali Khan Khasru, para o jornal Dhaka Tribune. “Devemos deixar os peixes crescerem e se reproduzirem. Caso contrário, teremos que sofrer no futuro”.

Os peixes formam uma parte importante da dieta local e também são enviados ​​para exportação. Hilsa, uma espécie de arenque, costumava ser abundante nas águas ao longo da Baía de Bengala, mas os estoques diminuíram nas últimas décadas devido ao excesso de pesca predatória na região. Bangladesh é responsável por cerca de 60% do total mundial de capturas e o mercado de hilsa vale mais de US$ 2 bilhões (cerca de R$ 8,3 bilhões).

Já houveram proibições de curto prazo à pesca comercial no passado, mas essa é a primeira vez que todos os barcos de pesca (incluindo os pescadores locais) foram proibidos por um longo período.

No entanto, milhares de pescadores foram contra a decisão, argumentando que ficarão sem uma fonte de renda. Associações de pescadores pediram ao primeiro-ministro que reconsidere a proibição e que ocorra uma compensação.

Fonte: Revista Galileu


Créditos: Ambiente Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *