As plantas invasoras que ameaçam o futuro da Muralha da China

A Grande Muralha da China é a construção mais comprida feita pelo homem.

Ela percorre 21 mil quilômetros.

A muralha foi erguida para proteger a China de exércitos invasores ao norte.

Mas, hoje, o mais icônico monumento chinês está sob ataque – da natureza.

Plantas e ervas daninhas estão danificando a muralha em vários pontos.

A China está usando drones para mapear as áreas ameaçadas pela vegetação.

Mas restaurar a muralha não é uma tarefa fácil.

Operários precisam ir a pé até as cordilheiras.

Jumentos são a melhor forma de transportar os materiais.

Pedras são retiradas de locais próximos, como foi feito durante sua construção.

O clima, guerras e ladrões de pedras também contribuíram para a decomposição da muralha.

Autoridades esperam que a restauração em curso preserve a muralha para futuras gerações.

Acesse o link e confira o vídeo:
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-46284085

Fonte: BBC


Créditos: Ambiente Brasil